sempre

que vou à minha  esteticista saio de lá com o astral em alta e o ego bem massajado! Abençoado seja o dinheirinho que lá deixo! Já com a cabeleireira não posso dizer o mesmo! Fujo dela a sete pés, porque não suporto que me mexam no cabelo! Esta paranoia já vem desde criança. Odiava lavar a cabeça, não suportava que me penteassem,  e cinco minutos depois de me fazerem rabo de cavalo ou o que quer que seja, eu tirava tudo, ganchos, elásticos, fitas e soltava o cabelo! É a rebelde que há em mim!

Anúncios

Sobre Juana

Esta é a minha vida, aquilo em que acredito. O mundo dá voltas, a vida passeia pelo fio dos dias e das horas e eu vou tentando manter o equilíbrio. Sempre na corda bamba.
Esta entrada foi publicada em reflexões com as etiquetas , . ligação permanente.

comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s