encontro “especial”

Vi aquela figurinha, de mão dada com a avó, a atravessar a rua. Não resisti, estacionei o carro e dei-lhe tantos abraços e beijos naquelas bochechas que me consolei. Conheci aquele menino, portador de Trissomía 21, quando apenas tinha cerca de 4 meses. Nesse dia, quando olhei para ele, pensei que ele não ia resistir mais do que uma semana. Tinha nascido com uma cardiopatia [muito frequente em crianças com este tipo de patologia], apresentava um aspeto debilitado e tinha uma cor acinzentada no rosto. Passados alguns dias foi operado ao coração, a pouco e pouco foi superando, ganhou outras cores, peso, e uma energia que não lembra a ninguém. Além da “condição” com que nasceu, e outros riscos associados, enfrentou outras dificuldades [a maldade do ser humano] demasiado duras para uma criança. Tenho acompanhado o seu crescimento, hoje tem nove anos feitos e está um garoto tão bonito, mas tão malandro também. Já disse aqui que adoro aquele menino? Foi o que lhe disse hoje, a ele e à avó.

Anúncios

Sobre Juana

Esta é a minha vida, aquilo em que acredito. O mundo dá voltas, a vida passeia pelo fio dos dias e das horas e eu vou tentando manter o equilíbrio. Sempre na corda bamba.
Esta entrada foi publicada em dia a dia com as etiquetas , . ligação permanente.

2 respostas a encontro “especial”

  1. Anónimo diz:

    Que gesto bonito!
    Sabes, eu era um bebé “mongolóide” (como se dizia na altura). Foi dado com certeza à minha mãe, a minha mãe que já não podia desfazer, decidiu enfrentar e dizer a todos como iria nascer. Todos me contam que o amor dela, nunca foi diferente, e quando nasci, conta ela, que só queria contar os meus dedos. Adoro-a, mas admiro-a. Nasci 100% como os médicos diziam, mas sempre fui sensível a isso.
    Na escola tive uma menina, Márcia, que nasceu assim…e uma das limitações eram os dedos, eu todos os dias obrigava-a a pintar e escrever, para ajudar. hoje sei que não é assim. Mas o que interessa é que já há abertura para esse meninos até para frequentarem as escolas!
    Não os acho especiais, acho-os diferentes, assim como todos somos! :) Continua a adorá-lo!!

  2. Juana diz:

    a tua mãe é uma grande mulher e tomou a melhor opção da vida dela.

comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s