no Centro de Saúde

…à espera de uma consulta, entretive-me com a conversa de alguns “séniores”, que comentavam um assalto, acontecido por estes dias numa das aldeias mais pequenas e despovoadas do concelho.

-“E foi de dia??!!” Dizia uma das séniores com os olhos redondos de pasmo:

-“De dia! Limparam tudo. Até os documentos levaram“. Dizia o sénior, acenando com a cabeça e esticando os beiços em sinal de confirmação.

– “Olha sabes o que fazes ao dinheirito?- Dizia um sénior para outro compincha de olhos esbugalhados. – “Tens por lá uns farrapos que cheirem mal? Esconde-o lá debaixo. Ou então por baixo do poleiro das pitas, fazes um buraco, metes lá o dinheirito, e depois tapas com palha“.

– “Antigamente fazia-se um buraco, metia-se o dinheiro num panelo de barro e enterrava-se lá no buraco“. Acrescentou uma sénior de ar convicto.

Todos se riam, mas lá no intímo, com alguma inquietação, talvez ponderassem repor as práticas ancestrais. Que isto, hoje em dia, nunca se sabe.

Anúncios

Sobre Juana

Esta é a minha vida, aquilo em que acredito. O mundo dá voltas, a vida passeia pelo fio dos dias e das horas e eu vou tentando manter o equilíbrio. Sempre na corda bamba.
Esta entrada foi publicada em dia a dia com as etiquetas , . ligação permanente.

comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s