“a-hard-day’s-night”


Hoje perguntei-me várias vezes ao dia: “porque corres tanto?”. Esta semana é complicada e a próxima também será. As madrugadas de trabalho impõem-se, as horas de sono e repouso descem a pique, entro então num sistema em que programo o meu dia por objetivos e de hora a hora. Necessito de férias. Quando digo férias refiro-me mesmo àquele estado cerebral quase vegetativo, em que me recuso a pensar e o corpo não funciona absolutamente. Só respiro. Só preciso mesmo de dois ou três dias e fico operacional. De novo pronta para a vida.

Anúncios

Sobre Juana

Esta é a minha vida, aquilo em que acredito. O mundo dá voltas, a vida passeia pelo fio dos dias e das horas e eu vou tentando manter o equilíbrio. Sempre na corda bamba.
Esta entrada foi publicada em reflexões com as etiquetas , . ligação permanente.

comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s